26 de março de 2015

Amanhã (II)

E é já amanhã...

video
Paulo Flores, "Amanhã" (Raúl Indipwo e Milo MacMahon)

6 x 3 ?


6 jogos, 6 vitórias, 1 Campeonato!

Nacional (c)
Académica (c)
Belenenses (f)
FC Porto (c)
Gil Vicente (f)
Penafiel (c)

Vamos a eles, Benfica!

22 de março de 2015

Marilyn

Miguel Araújo, "Marilyn" (Miguel Araújo Jorge)

Resultado Final

Rio Ave 2 - 1 SLB (Liga  Jornada 26)
(Ukra 74' e Del Valle 90+4; Sálvio 5')

Desiludido.

É o estado de espírito com que me encontro.

A noite passada foi muito dura e nem a surpresa que tive esta manhã ao saber que o FC Porto empatou foi capaz de atenuar a minha desilusão.

É inaceitável, repito inaceitável, perder o jogo de ontem da forma como se perdeu.

Rapazes, está na hora de mostrarem que querem ser campeões.

São 6 vitórias que separam o Benfica desse objectivo. Se querem ganhar, têm que o mostrar em campo nos próximos 6 jogos (4 em casa e 2 fora).

Destaques positivos:
Nada.

Destaques negativos:
Tudo.

Nota artística (0 a 10): 3


Nós, milhões de Benfiquistas que diariamente vos apoiamos assim exigimos.

Honrem as camisolas!

21 de março de 2015

Hoje É Dia de Benfica

Rio Ave vs SLB (Liga - Jornada 26)

Mais um passo rumo à vitória no campeonato.

É o que espero para hoje e é o que vai acontecer.

Ainda que sem grande nota artística vamos vencer e mesmo que no final os especialistas da bola possam dizer o contrário, será com um resultado convincente. De resto, tal como tem acontecido nas últimas deslocações.

É para ganhar.

Mínimos Olímpicos: Vitória

Prognóstico: 0 - 3


Carrrrrrrrrrrrrega Benfica!

15 de março de 2015

Resultado Final

SLB 2 - 0 SC Braga (Liga - Jornada 25)
(Jonas 21' e Eliseu 76')

O jogo de ontem começou como se esperava com os nervos à flor da pele.

60.000 adeptos, muita vontade, muita intensidade e... muito Benfica.

Deu-me a impressão que mais do que tudo, o Jesus quis ter o jogo na mão sem se expor ao risco do contra-ataque do Braga.

A equipa impôs um ritmo muito intenso no meio campo e não deixou o Braga respirar. A consequência é que por vezes também não respirou.

Depois, após os primeiros 10 minutos, começou a carregar e não mais saiu da área contrária.

Foi então que chegou o primeiro golo (outra vez Jonas) e com ele alguma tranquilidade. A equipa continuou a manter o jogo sob rédea curta até que chegou o segundo golo já no último quarto de hora.


A partir daí, tal como noutras ocasiões que chega ao 2 - 0 os jogadores começaram a recriar-se e a trabalhar para a nota artística.

Face ao que se passou e às oportunidades criadas o resultado podia ter sido mais volumoso, mas alguma ineficácia e (mais) uma boa exibição do guarda redes do Braga.

Mas o Benfica ganhou e isso é que interessa.

E com uma exibição categórica. De campeão.


Destaques positivos:
Jonas. Vai sendo habitual ter que o destacar, pois para além de ser um jogador muito acima da média encaixou que nem uma luva neste Benfica.
Samaris e Pizzi. Quem diria que depois dos sinais intermitentes que ambos deram nos primeiros jogos viessem a formar uma dupla autoritária no nosso meio campo. Pizzi, por exemplo parece que é titular há uma eternidade. Samaris começa a fazer lembrar algumas coisas do Matic quando começou a jogar com maior regularidade.
Eliseu. Ainda que aqui e ali revele algumas dificuldades de posicionamento do ponto de vista defensivo, a verdade é que vai marcando golos decisivos. O de hoje não valeu os 3 pontos por si só, mas arrumou com a partida.

Destaques negativos:
Gaitán. Não sabe jogar mal, mas levou um amarelo por simulação que o tira do próximo jogo. Evitável.

Nota artística (0 a 10): 8



A contagem decrescente para o 34 já começou. Falta menos 1 jogo.

14 de março de 2015

Hoje É Dia de Benfica

SLB vs SC Braga (Liga - Jornada 25)

A casa está pronta (cheia) para receber e esmagar o Braga.

Agora é esperar pelo apito inicial e carregar bastante.

Estou bastante optimista.

Vai ser um jogo intenso, mas vamos ganhar e bem.

Sem contemplações.

Mínimos olímpicos: Vitória

Prognóstico: 3 - 0


Rumo ao 34!

9 de março de 2015

Pressão?

Anda tanta gente a arranjar teorias para chegar à conclusão de que a pressão está do lado do Benfica.

Qual é a dúvida?

Conforme disse aqui, "... existe uma diferença entre aquilo que é exigível ao Benfica e o que é exigível a qualquer outro adversário. O ónus do mérito está e estará sempre do nosso lado. A obrigação de vencer merecendo-o também. E a tendência é que cada vez mais seja assim."

O que eles não percebem é que, melhor do que ninguém, nós sabemos muito bem de onde vem essa pressão.

E por mais teorias que possam arranjar, a verdade é apenas uma.

A pressão somos nós.


 Carrega Benfica!

Resultado Final

Arouca 1 - 3 SLB (Liga - Jornada 24)
(Iuri M. 7'; Jonas 51', Lima 56' e 76')

Complicado.

Entrámos muito mal em campo e o Arouca muito bem.

E não foi só pelo (bom) golo que marcou aos 7 minutos de jogo que digo isto, mas pela pressão enorme que fez à nossa saída de bola desde a defesa não permitindo que conseguíssemos ligar o nosso jogo.

Acresce que a ajudá-los tiveram o relvado que estava em péssimas condições.

Demorámos a reagir, mas após cerca de 10 minutos de desorientação começámos a carregar e a pressionar o adversário, ainda que de forma bastante desinspirada.

O Arouca acusou a pressão. Com certeza não contava marcar um golo tão cedo e não soube o que fazer com o resultado, pelo que foi recuando, recuando, limitando-se a rechaçar as investidas do Glorioso.

O golo do empate era uma questão de tempo e foi com surpresa (minha pelo menos) e com algumas oportunidades claras de golo desperdiçadas que chegámos ao intervalo a perder.


Na 2.ª parte mantivemos a pressão com que terminámos a 1.ª e o(s) golo(s) acabou(aram) por acontecer com naturalidade. O primeiro num lance caricato, é certo, mas merecido.

Suspeitos? Os do costume, Jonas e Lima.

Destaques positivos:
Jonas e Lima. Esta dupla atacante está a dar frutos e a marcar golos com bastante regularidade.
Gaitán. Não foi uma exibição de encher o olho, mas não há dúvida de que traz sempre mais qualquer coisa ao jogo.

Destaques negativos.
Eliseu. Não é e também já não vai ser "o" lateral-esquerdo de que precisamos, mas hoje esteve particularmente infeliz. É o que temos.

Nota artística (0 a 10): 6


Para a semana recebemos o Braga e a receita é... passar por cima deles.

Falta menos uma jornada.

8 de março de 2015

Hoje É Dia de Benfica

Arouca vs SLB (Liga – Jornada 24)

Mais um jogo que temos que vencer na caminhada rumo ao título.

O FC Porto não está a dar tréguas e após a nossa vitória (goleada) sobre o Estoril, venceu e convenceu o Sporting e o Braga mantendo a pressão sobre o primeiro lugar.

O jogo desta tarde pode tornar-se complicado apenas e só se o permitirmos, mas não me parece que tal vá acontecer, pois o adversário é demasiado frágil.

A palavra de ordem é “Carregar” e mostrar quem é que manda aqui.

Mínimos olímpicos: Vitória


Prognóstico: 0 - 4

1 de março de 2015

Resultado Final

SLB 6 - 0 Estoril (Liga - Jornada 23)
(Luisão 16', Sálvio 26', Pizzi 33', Jonas 35' e 56' e Lima 86')

Boa exibição. Aliás, muito boa.

Em dia de aniversário do Glorioso fomos brindados com uma das melhores prestações da época, ainda por cima chanceladas com 6 golos sem resposta.



O Benfica entrou muito forte em campo em não permitiu qualquer tipo de veleidades ao Estoril, nem este tão pouco mostrou sequer capacidade para mostrar qualquer tipo de resistência.

De resto, foi uma belíssima manifestação de força do Campeão a mostrar quem é que manda aqui.

Destaques positivos:
A equipa como um todo. A vitória foi alicerçada no colectivo e não em fantásticas exibições individuais.

Destaques negativos:
Não me lembro de nenhum.

 Nota artística (0 a 10): 8

Agora é aguardar pelo resultado do jogo entro o FC Porto e o Sporting. Empate ou derrota dos azuis é o que nos interessa.


Carrega Benfica!

28 de fevereiro de 2015

Hoje É Dia de Benfica

SLB vs Estoril (Liga - Jornada 23)

Em dia de aniversário do Glorioso temos que ganhar e por pressão no FC Porto.

O Estoril é uma equipa razoável, não mais do que isso e não acredito que nos coloque especiais dificuldades.

A vitória depende única e exclusivamente de nós, pois só por falta de empenho e de um mínimo de inspiração é que não somaremos os 3 pontos,

Depois é esperar que os Dragões percam pontos com o Sporting no clássico de amanhã, embora me pareça que tal não vá acontecer. Espero estar enganado.

Mínimos olímpicos: Vitória

Prognóstico: 2 - 0


Carrega Benfica!

111 Parabéns


Parabéns Benfica!

Que os próximos 111 sejam tão bons como os primeiros.

22 de fevereiro de 2015

(...) e a caravana vai continuar a passar!

 Carrega Benfica!

Resultado Final

Moreirense 1 - 3 SLB (Liga - Jornada 22)
(João Pedro 35'; Luisão 58', Eliseu 65' e Jonas 73')

Jogo fraquinho do Benfica que valeu pelo resultado (antes assim).


Não gostei de nada do que vi ao longo dos 90 minutos, mas do que mais me desgostou foi da atitude displicente com que disputámos a maior parte dos lances. O lance do golo do Moreirense foi só um exemplo.

Mau passe do Sálvio para o André Almeida, o André foi atrás do jogador do Moreirense (sem grande convicção) e o Pizzi em lugar de rapidamente compensar o desposicionamento do André recuou em ritmo de passeio deixando a zona frontal da área completamente desprotegida. Golo!

Depois, inexplicavelmente (ou talvez não), vi uma série lançamentos para as costas da defesa adversária que inevitavelmente acabaram na linha de fundo, isto é, em pontapés de baliza. Não querendo ser muito cáustico, dá a sensação de que quanto mais fraco é o jogador, menor é a probabilidade de jogar de forma simples e, portanto, maior a probabilidade de acontecer asneira.

E ontem, com aquele meio campo houve muita asneira.

Apesar do desagrado com a prestação tive sempre a sensação de que iríamos marcar e que o nosso golo era uma questão de tempo. O problema era saber se aconteceria a tempo de completar a reviravolta.

Depois a arbitragem. Estava tudo a correr bem até ao minuto 70 quando expulsou (por palavras!?) um jogador do Moreirense. Não sei o que lhe disse, mas só pode ter sido muito grave. Em todo o caso eu preferiria um pouco mais de condescendência e de pedagogia por parte do árbitro.

De resto nada de especial a apontar. Sim, de facto o canto que dá origem ao golo efectivamente deveria ter sido pontapé de baliza, mas se formos por aí começamos a entrar num processo muito complicado de analisar e teríamos lances como este para discutir em todos os jogos.

Destaques positivos:
Luisão. Quando foi preciso disse presente e marcou o golo do empate. À Capitão.

Destaques negativos:
Postura pouco agressiva da equipa, sobretudo no meio campo.

Nota artística (0 a 10): 5

Para já ficamos com 7 pontos de avanço. Segunda-feira saberemos o resultado do FCP.


A caravana prossegue o seu caminho.

Presente!

Capitão é assim. Diz presente quando é preciso.

21 de fevereiro de 2015

Hoje É Dia de Benfica

Moreirense vs SLB (Liga - Jornada 22)

Esta será a quarta vez que jogamos com o Moreirense na época 2014/15 sendo que até agora vencemos todos os confrontos (aqui, aqui e aqui). Ou seja, é continuar a afinar pelo mesmo diapasão.

Apesar do saldo ser bastante positivo e de as perspectivas de vitórias serem boas não consigo disfarçar algum nervosismo face ao que pode acontecer.

É que estamos naquela fase do campeonato em que uma escorregadela de Benfica ou do Porto poderá significar a entrega do título ao outro. Portanto não podemos ser nós a escorregar em primeiro lugar.

Em todo o caso o desequilíbrio entre Benfica e Moreirense é demasiado evidente para esperar e aceitar outra coisa que não seja a vitória do Glorioso.

E com maior ou menor dificuldade, penso que é isso que vai acontecer.

Mínimos olímpicos: Vitória

Prognóstico: 0 - 2


Rumo ao título!

16 de fevereiro de 2015

Resultado Final

SLB 3 - 0 V. Setúbal (Liga - Jornada 21)
(Jardel 9', Lima 40' e 70')

Entrámos mal em campo outra vez. Tal como no jogo da Taça da Liga da 4.ª feira passada (aqui) podíamos ter sofrido um golo logo nos primeiros minutos, sendo que agora estivemos apenas a um penálti de o ver acontecer.

Se o árbitro tem assinalado falta do Jardel sobre o avançado setubalense (creio que o Rambré) na área do Glorioso não seria nenhum escândalo.

A partir desse lance (ainda nos primeiros 5 minutos de jogo) só deu Benfica e o Vitória não mais teve capacidade de nos incomodar.


Logo a seguir o Jardel abriu o marcador e a equipa passou a ter apenas que controlar a vantagem, o que fez bem e... acabou-se a história.

Em suma o jogo foi bem mais tranquilo do que eu suspeitava, mas se o Vitória tem marcado logo no início o rumo dos acontecimentos poderia ter sido bem diferente.

Destaques positivos:
Pizzi. Talvez o melhor em campo. Jogou muito bem ao lado do Samaris (que também esteve em bom plano) e teve participação activa em 2 dos 3 golos.
Lima. Mais 2 golinhos "à ponta de lança" para o pecúlio.

Destaques negativos:
Má entrada em campo da equipa. Ontem não teve consequências, mas podia ter tido. Os inícios de jogo em falso muitas vezes custam pontos e nós não os podemos desperdiçar.

Nota artística (0 a 10): 6,5


Agora vamos a Moreira de Cónegos defrontar o Moreirense e dar seguimento ao ciclo de vitórias que temos onquistar até à 30.ª jornada.

Vitória, vitória.
Acabou-se a história.

PS: Por que é que o V. Setúbal jogou de azul contra nós?

15 de fevereiro de 2015

Hoje É Dia de Benfica

SLB vs V. Setúbal (Liga - Jornada 21)

Após o jogo de quarta-feira o V. Setúbal regressa hoje à Luz desta feita para o campeonato.

Este será o primeiro de 9 jogos que disputaremos antes de receber o FC Porto na Luz e é fundamental ganhá-lo.

Não espero facilidades e posso até dizer que suspeito que se torne complicado. É que nestas séries de jogos com o mesmo adversário, na mesma época, a probabilidade de acontecer um mau resultado aumenta à medida que os bons resultados acontecem. A equipa convence-se de que o jogo "ganhar-se-á por si só", o que pode dar origem a algum relaxamento.

De qualquer forma, não acredito noutro resultado que não seja a vitória (nem posso aceitar).

Mínimos olímpicos: 1 - 0

Prognóstico: 1 - 0


Carrega firme, Benfica!

14 de fevereiro de 2015

Boca Fedorenta (II)

Quando num conjunto de três, um diz que os outros dois são as nádegas de um rabo, subentende-se que o autor da metáfora será o que está no meio.


Sobretudo porque a cada intervenção que faz (por exemplo aqui e aqui) o ambiente fica um pouco mais… “desperfumado”.

De qualquer forma até tem graça quando acusa outros de serem egocêntricos. 

Por Qué No Te Callas? (VI)

Já chega Luís Filipe.

Esta declaração embora até estivesse bem preparada era desnecessária.


Não podemos alimentar mais este assunto.

É deixá-los falar sozinhos.

12 de fevereiro de 2015

Resultado Final

SLB 3 - 0 V.Setúbal (Taça da Liga - ½ Final)
(Talisca 41', Pizzi 45' e Jonas 73')

A exibição de hoje foi fraquinha e sem chama.

Entrámos mal no jogo e quase fomos surpreendidos por mais do que uma vez nos primeiros minutos.

Várias mexidas no onze base (Sílvio, Lisandro, Cristante, Pizzi, Gonçalo Guedes e Derley) tiraram-nos fluidez e capacidade ofensiva e o resultado foi a equipa que revelou algumas dificuldades em criar situações de perigo na área do Vitória.

A partir do penálti (indiscutível) e consequente expulsão (aceitável, mas evitável) o jogo tornou-se muito mais fácil para o Benfica e a sensação é de que a eliminatória ficou arrumada logo ali.


O que restou do jogo foi o natural aumentar do score e as várias oportunidades de golo que fomos desperdiçando.

Agora só temos que esperar pelo adversário da Final. FCP ou Marítimo? Veremos.

Destaques positivos:
Presença na final da Taça da Liga. Em 8 edições é a 6.ª vez que lá chegamos o que é de assinalar. Agora é ganhá-la.
Gonçalo Guedes. É muito cedo para avaliar e não estou a dizer que temos jogador e que vai ser isto ou aquilo, mas aos poucos, com muita trapalhada pelo meio, más decisões e etc., lá vai dando indicações positivas. Pode ser que sim, assim queira, assim apostem nele e assim saiba aproveitar as oportunidades que lhe forem dadas.

Destaques negativos:
Nada de muito evidente. A exibição não foi fulgurante, mas também não tinha que ser. Só espero que no Domingo contra o mesmo adversário sejamos mais convincentes.

Nota artística (0 a 10): 6

No fim-de-semana há mais (mas melhor, espero).

Carrega Benfica!

11 de fevereiro de 2015

Mind the 34 (II)

Três vitórias, um empate e uma derrota.

Não foi bom e só não foi pior porque o FC Porto também perdeu um jogo.


O objectivo de chegar ao título 2014/15 não ficou comprometido, nem pouco mais ou menos, mas reduzimos a vantagem que tínhamos para o segundo de 6 para 4 pontos.


Continua a ser uma boa vantagem, mas não é decisiva.

Nas próximas 9 jornadas (até ao jogo com o FCP) teremos que aumentar esta vantagem para pelo menos 6 pontos de diferença e é nisso que a equipa vai ter que se concentrar.

O FCP vai entrar numa sequência de jogos interna mais complicada que a nossa (teoricamente), ao mesmo tempo que disputará pelo menos mais uma eliminatória da Liga dos Campeões e isso pode fazer-lhes mossa.

A nós cabe-nos não vacilar e levar de vencida os jogos que temos pela frente e esperar que os azuis percam pontos.

Se é verdade que o 34 podia estar mais perto, também é verdade que já esteve mais longe.

Os próximos nove jogos terão que ser nove conquistas. E aí sim, o 34 dificilmente fugirá.


Carrega Benfica!

Uns são energúmenos, os outros...

... também (aqui).

A diferença está no grau de hipocrisia, porque aí batem-nos aos pontos (acolá).

Hoje É Dia de Benfica

SLB vs V. Setúbal (Taça da Liga – ½ Final)

Se as finais são para ganhar, primeiro há que lá chegar.

Hoje jogamos o acesso à final da Taça da Liga frente ao nosso adversário da próxima jornada da Liga, o Vitória de Setúbal.

Portanto, a vitória (obrigatória) de hoje não pode ser mais do que um aperitivo para o confronto do fim-de-semana.

Uma vez mais, espero que o “mister” não abuse da rotação de jogadores e que a equipa entre compenetrada no objectivo de chegar à final, porque para além do campeonato, é o que temos.

Mínimos olímpicos: 1 – 0


Prognóstico: 2 – 0

10 de fevereiro de 2015

Dizem que viram o autocarro do Benfica em Alvalade...

Deve ter sido engano. Eu pelo menos acho que ainda é um bocado cedo para o tirar da garagem.

Carrega Benfica!

Resultado Final

Sporting CP 1 - 1 SLB (Liga - Jornada 20)
(Jefferson 87'; Jardel 94')

Hesitei bastante antes de escrever este post.

Primeiro porque não queria que a emoção dos últimos minutos me toldasse a análise. Depois... porque fui ouvindo tantas opiniões e versões do que se passou que comecei a duvidar se realmente tinha visto o dérbi da jornada 20 da Liga 2014/15.


Bom, para começar devo dizer que ao contrário da maioria das opiniões que fui ouvindo e lendo, não entendo que tenhamos feito um jogo péssimo. Fizemos o jogo possível.

O que eu vi, foi um jogo disputado (muito disputado) a meio campo, sem oportunidades de golo (só mesmo num jogo sem oportunidades o remate de cabeça do Carrillo com defesa para a fotografia do Artur merece destaque) no qual o SCP precisava mais de arriscar (porque tinha que o fazer) e que o Benfica controlou até ao momento em que o Samaris  (que até estava a fazer um bom jogo) num corte/atraso desastrado ofereceu um golo aos leões.

Não vi nenhuma equipa que merecesse ganhar, nem senti que o jogo estivesse fora de controlo.

Vi uma equipa que queria ganhar e não conseguiu (e que só por sorte esteve perto disso) e outra que foi esperando para ver o que o jogo ia dando sem se esforçar para o ganhar e quase que o perdeu.

Oportunidades de golo? Nem vê-las.

O Jorge Jesus escalou a equipa para este jogo com o propósito claro de não perder e, se possível, vencer o jogo. De resto, um pouco à imagem do que fez no Dragão.

E talvez o pecado tenha estado aí. Mas também é justo reconhecer que este Sporting é uma boa equipa e que um empate em Alvalade não pode ser considerado um mau resultado.

Além disso entrámos em campo com uma vantagem pontual que permitia gerir o jogo sem precisar de correr riscos.

Compreendo, aceito e sei que é assim que tem que ser, que de facto existe uma diferença entre aquilo que é exigível ao Benfica e o que é exigível a qualquer outro adversário. O ónus do mérito está e estará sempre do nosso lado. A obrigação de vencer merecendo-o também. E a tendência é que cada vez mais seja assim. E temos que querer que assim seja.

Mas isso também não nos pode fazer perder a perspectiva das coisas e enviesar a leitura do que realmente foi acontecendo durante o jogo.

É que depois ouvem-se pérolas como por exemplo a do Rui Patrício que diz que o resultado é injusto porque não fez nenhum defesa (teve a oportunidade de fazer pelo menos uma), ou a do Marco Silva ao lembrar com alguma ironia "aqueles" que há um mês diziam que o Sporting não tinha hipótese de lutar pelo título (um mês depois os 7 pontos de diferença para o Glorioso dão-lhes razão). 

E tudo isto porquê? 

Porque o Benfica não foi muito melhor que o SCP no jogo de ontem. Porque não os esmagámos. 

Mas há que ser razoável e ver as coisas como elas são. 

O que interessa é que chegámos à 20.ª jornada estamos com 4 pontos de avanço para o FCP. É nisso que temos que nos concentrar, Aliás, se a distância não é maior não é pelo que se passou neste jogo, mas sim no de Paços de Ferreira. Aí sim, tínhamos que ter ganho.

Esta época a manta está bastante mais curta que, por exemplo, a época passada, logo é mais difícil atingirmos os nossos objectivos.

Mas até agora, o que se constata é que a caravana do 34 vai passando e falta menos um jogo para chegar ao destino.

Destaques positivos:
Luisão. Capitão imperial. Por ali não passa nada. É o verdadeiro Comandante da equipa.
Jardel. Estava a fazer uma exibição razoável, q.b., mas aquele chouriço no último lance do jogo fez dele o homem chave da partida.

Destaques negativos:
Ola John. Não há pachorra para tanta falta de nervo. Num jogo daqueles, com tanta adrenalina em cima do relvado parecia que não era nada com ele. Sem garra. Sem chispa. Assim não dá.

Nota artística (0 a 10): 5 (pelos mínimos olímpicos cumpridos)


Agora é carregar ainda com mais força rumo ao 34. Carrega Benfica!

8 de fevereiro de 2015

Hoje É Dia de Benfica

Sporting CP vs SLB (Liga - Jornada 20)

Hoje conclui-se o ciclo de jogos que pomposamente denominei Mind the 34 (aqui). Se tudo correr bem chegaremos ao fim com 6 pontos de avanço do segundo classificado, pelo que as perspectivas para o que falta jogar no campeonato são boas.

O adversário de hoje, o Sporting, está naquele período da época em que de acordo com a larga maioria dos seus simpatizantes é sempre muito melhor que o Benfica e que por isso nos vai ganhar/golear de certeza absoluta. Depois chega um choque de 90 minutos de realidade e o que a história diz é que em Alvalade nos ganham tantas vezes como nós a eles (números redondos). Isto é, somos tão favoritos quanto eles.

Para logo, como é costume (e correcto) a pressão de ganhar está do nosso lado. Independentemente de estarmos à frente com uma vantagem (ainda) confortável é isso que nos diferencia dos outros.

Só nós temos obrigação de fazer um bom resultado.

Eu estou optimista q.b. e acredito que podemos trazer os 3 ponto para casa.

Mínimos olímpicos: Empate

Prognóstico: 1 - 2

Carrega Benfica!

4 de fevereiro de 2015

'Tá quase

E se num restaurante após mais de 45 minutos à espera de ser servido o empregado de mesa jovialmente lhe diz o seguinte?

- Daqui a bocado 'tá quase a sair.


É Angola, mano!

1 de fevereiro de 2015

Resultado Final

SLB 3 - 0 Boavista (Liga - Jornada 19)
(Lima 23', Maxi Pereira 33' e Jonas 55')

De volta às boas exibições, ontem voltámos a não dar hipótese ao adversário.

Num jogo que não chegou a ter história (tal foi o domínio), só foi pena - e não é pouco - a lesão do Júlio César que certamente o irá impedir de jogar nas próximas jornadas.

Artur, chega-te à frente e vê lá se atinas.

Quanto à exibição propriamente dita, há que dizer que embora boa no que à criação de lances de golo diz respeito, caracterizou-se por tremenda ineficácia. Foram pelo menos 3 os lances desperdiçados na cara do golo.


Também é verdade que apesar de estar a fazer uma boa época, este Boavista é uma das equipas mais frágeis do campeonato, pelo que muito dificilmente poderia oferecer alguma réplica.

Bom, o que é certo é que os 3 pontos estão do nosso lado e, não havendo nenhuma surpresa nos jogos desta noite, manteremos a distância para o segundo lugar, o que não é nada mau.

Destaques positivos:
Maxi Pereira. Este é daqueles que um dia que vá embora vai deixar saudades. Que entrega, que abnegação, que qualidade. A brincar a brincar são já 8 épocas ao serviço do Glorioso e sempre a bombar.

Destaques negativos:
Lesão do Júlio César. Aparentemente trata-se de uma lesão muscular o que implicará várias semanas de ausência.


Após a conclusão da 19.ª jornada teremos no mínimo 6 pontos de avanço para o segundo, o que significa que estamos no caminho certo. Para a semana vamos a Alvalade fazer aquele que será o último jogo da sequência de jogos mais complicada até ao final do campeonato. Será pois um jogo importantíssimo para a definição do que resta da nossa temporada.

Digam o que disserem, a pressão estará sempre do nosso lado, porque nós é que somos o Benfica e nós é que temos a obrigação de ganhar. Ponto.

Nota artística (0 a 10): 7


Next stop, Alvalade!

Diz que é o melhor de sempre

Bento eleito o melhor guarda-redes português de sempre (aqui).

Manuel Galrinho Bento (1948-2007)
611 jogos no Glorioso, entre 1972 e 1992.

31 de janeiro de 2015

Hoje É Dia de Benfica

SLB vs Boavista (Liga - Jornada 19)

Não há meias palavras.

Depois do pobre exibição da semana passada, só temos que dar novamente um sinal à concorrência e mostrar quem é que é o campeão.


Mínimos olímpicos: 3 - 0

Prognóstico: 4 - 0

27 de janeiro de 2015

Resultado Final

Paços de Ferreira 1 - 0 SLB (Liga - Jornada 18)
(Sérgio Oliveira 90')

Quem escorrega também cai.

Jogo muito fraco do Benfica que teve como consequência não aproveitar o deslize do FCP e aumentar para 9 pontos o fosso que os separa de nós.

Foi um dos jogos mais fracos dos últimos tempos, o que para mim foi totalmente inesperado.

Após uma série de jogos em crescendo com um ligeiro abaixamento de forma na época natalícia, voltámos apresentar-nos abaixo do aceitável.

Com um pouco de azar à mistura (3 bolas aos postes), a realidade é que não fizemos o suficiente para nos queixarmos do que quer que seja. Só de nós próprios.


O Jorge Jesus também não esteve particularmente feliz na gestão do jogo. Aliás, esteve péssimo.

Se é um facto que praticamente nenhum jogador tenha estado bem (Júlio César e Luisão talvez tenham sido as únicas excepções), se é um facto que há jogadores que apesar de não estarem especialmente inspirados podemos sempre esperar alguma acção positiva deles (Sálvio e Jonas, por exemplo), outros há que não vale a pena insistir quando não estão bem (Ola John e Talisca são os caso mais flagrantes).

Então porquê deixá-los em campo tanto tempo?

E depois há a gestão do resultado. Ontem, ainda mais do que ganhar, era fundamental não perder.

Então, porquê tirar o médio mais defensivo aos 82 minutos, quando o jogo apresentava já sinais de estar partido?

E depois do golo de penálti sofrido aos 90 minutos, porquê queimar tempo com uma substituição a fazer entrar o miúdo Gonçalo Guedes?

A sério que não consigo compreender.

Foi uma noite não de todos. Bom, de todos menos dos adeptos que encheram o estádio, puxaram pela equipa do princípio ao fim e não mereciam a desilusão que sofreram.


Destaques positivos:
Júlio César. 8 jogos depois voltou a sofrer um golo de penálti, Pelo meio, nos vários jogos (incluindo o de ontem) contribuiu decisivamente para evitar que a nossa baliza fossa desfeiteada.

Destaques negativos:
Jorge Jesus. Se lhe aponto o mérito quando vejo que há razões para isso, também lhe aponto o dedo quando não faz bem o seu papel. E no caso concreto deste jogo, começou mal ainda antes do início da partida ao apresentar níveis de bazófia acima do permitido por lei (a começar na preferência por jogar depois de saber o resultado dos adversários, passando pela afirmação de que na 2.ª volta do campeonato o Benfica faz sempre melhor que na 1.ª). Ontem não esteva à altura.

Bom, nesta jornada não cumprimos a nossa obrigação, o que de certa forma só é atenuado (ou talvez não) pelo facto de o FCP ter perdido na véspera.

Para a semana defrontamos o Boavista em casa e depois vamos a Alvalade. Se no fim dessas duas jornadas mantivermos a distância de 6 pontos para o segundo classificado, continuaremos bem lançados para a conquista do bi-campeonato. Caso contrário, estaremos à beira do abismo e teremos que enfrentar velhos fantasmas. Esperemos que não.

Com o que esta equipa fez até aqui, seria uma pena deitar tudo a perder.

Nota artística (0 a 10): 4


Siga p'rá frente, Benfica!